sábado, 18 de março de 2017

Golpistas seguem destruindo o Brasil: estão faltando carteiros

A destruição dos Correios segue acelerada pelo governo golpista de Michel Temer. Agora estão faltando carteiros para a entrega das correspondências, inclusive funcionários administrativos.

Segundo a Rádio CBN de São Paulo, agora de manhã (18/3), em alguns lugares as correspondências não estão sendo entregues, enquanto em outros as entregas são feitas dia sim e dia não.

As consequências da destruição do serviço público do Correios com certeza serão enormes para a população, causando prejuízos incalculáveis, pois todos dependem das entregas das correspondências para pagamento de contas, pagamento de seguro, de plano de saúde, etc.

Logicamente que isso não está acontecendo por acaso, isso é feito de forma proposital  visando a terceirização, precarização dos trabalhadores e a privatização da empresa, na linha golpista de escravização e recolonização do País, liderada pelo PSDB/DEM/PMDB para que os imperialismos dos Estados Unidos e Europeu se apoderem de nossas riquezas, como petróleo (Pré-Sal), Floresta Amazônia, aguás, os bancos públicos, as empresas estatais, etc.

O Brasil vem sendo sistematicamente destruído pelos golpistas, com a destruição das empreiteiras, do programa nuclear, da indústria naval, por meio da farsa da Operação Lava Jato, passando pela barbárie dos presídios, pelos motins reacionários das polícias militares nos estados, com mais de 200 assassinatos no início deste ano de 2017, com o aumento do genocídio do povo pobre e negro das periferias das cidades, com aumento das chacinas, pelas polícias militares dos estados da federação brasileira, como a Polícia Militar do Estado de São Paulo, treinada e armada até os dentes pelo Enclave sionista e terrorista de Israel.

Além disso, com a destruição do sistema de Saúde Pública (SUS- Sistema Único de Saúde) a população brasileira está correndo o risco de ser dizimada com a volta das epidemias de febre amarela, cólera, coqueluche, sem falar da dengue, chikungunya, zika etc. Inclusive a população já percebeu isso e já está ficando desesperada.

Assim, nesta situação, os trabalhadores dos Correios devem se mobilizar, realizando assembleias na categoria, sempre que possível pondo para correr e substituindo a pelegada, visando a preparação de uma greve geral, em defesa da empresa, organização comandos de greve eleitos democraticamente na base, inclusive organizando comitês de autodefesa, as milícias populares a partir dos sindicatos da categoria, para enfrentar e derrotar o governo golpista de Michel Temer/PMDB/PSDB/DEM. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário